pteneofrdeites
Artigo do Jornal: Jornal Agosto 2019
Compartilhar -

Informa Allan Kardec, na primeira página de Oo Livro dos Espíritos, que o mesmo contém a nossa doutrina. Não diz que ele expõe os seus princípios, os seus aspectos fundamentais, ; assegura, todavia, que “contém a doutrina espírita”.

Isto quer dizer o seguinte: a doutrina por nós professada está completa em O Livro dDos Espíritos, na sua essência e na sua expressão formal, nas suas proposições teóricas e na sua unidade orgânica, embora - com o correr do tempo e o desenvolvimento científico - possa se aperfeiçoar-se, porque tem caráter evolutivo.

Se o codificador do Espiritismo não houvesse dado à lume outros textos, ainda assim teríamos, hoje, a orientação de que carecemos para progredir neste mundo, cumprindo o destino para o qual DEUS Deus nos criou.

É claro, evidente, que as demais brochuras editadas por Kardec, e o tomo Obras Póstumas, bem como a coleção de Revue Spirite, são de grande importância para nós, porém tais escritos unicamente explicitam os postulados, conceitos e preceitos de O Livro dDos Espíritos, que merece estudo acurado e não leitura apressada.

Parece que O Livro dDos Espíritos é grande demais para a cabeça de alfinete dessa gente mística e primária em suas concepções, que prefere raciocinar sobre apontamentos da Bíblia do que sobre observações inteligentes como esstas do retrocitado volume, cientificamente pioneiras em 1857, quando foram publicadas:

“Mas a matéria existe em estados que ignorais. Pode ser, por exemplo, tão etérea e sutil que nenhuma impressão vos cause aos sentidos.”

(Página 58 na 8ª edição FEB.);

“A gravidade é uma propriedade relativa. Fora das esferas de atração dos mandos, não há peso, do mesmo modo que não há alto nem baixo.”

(pPágina 61.);

“Porque, o que chamais molécula longe ainda está da molécula elementar.”

(Página 63.);

“Não, não há vácuo. O que te parece vazio está ocupado por matéria que te escapa aos sentidos e aos instrumentos.”

(Página 63.).

Como se vê, O Livro dDos Espíritos, primeira e definitiva obra da nossa doutrina, base granítica sustentadora de toda a estrutura da filosofia que abraçamos, com um pensamento científico-religioso e religioso--científico, é o farol iluminador de nossa rota em busca da verdade e do amor.

Quanto à bússola que tem condição de melhor nos guiar na difícil viagem, ninguém descobriu outra melhor e mais confiável do que o Evangelho de Jesus.

Compartilhar
Topo
Ainda não tem conta? Cadastre-se AGORA!

Entre na sua conta

Cron Job Iniciado